Eternal Lies – Capítulo 03 – Na trilha de Edgar Job

Capítulo III – Na Trilha de Edgar Job

De volta ao Sanatorium Joy Grove

Na segunda, eles retornam a Savannah e resolvem voltar ao Sanatório para investigar Edgar Job, o cultista que também é um dos internos do Sanatorium. Dr. Connery e Prof. Cage conduzem o interrogatório de Edgar Job.

Dr. Connery conversa com a enfermeira Hanna Mallins, que o havia recebido no dia anterior, e que se encanta com o charme do professor. Ele pede o número do telefone da enfermeira. Ela o conduz até o quarto de Edgar Job. Connery diz que gostaria de conversar com o Dr. Keaton e a enfermeira Mallins sai para chamar o médico, deixando o enfermeiro Ted guardando a porta. Enquanto isso, Connery e Cage entram no quarto do cultista.

O Quarto de Job

A janela do quarto de Edgar Job está coberta com jornais e o quarto fica na escuridão mesmo de dia. Connery acende a luz para conduzir a entrevista. Job está em um dos cantos do quarto, sentado em sua cama.

As paredes estão cobertas por equações matemáticas e símbolos astronômicos. Prof. Cage reconhece que cada uma das duas paredes cobertas trata de cálculos referentes à mesma equação inicial. Os símbolos astrônomicos que Dr. Cage reconhece se referem aos planetas do sistema solar. Dr. Connery tira fotos das equações.

Edgar Job diz que estudou Matemática na Universidade da Califórnia – UCLA. Lá, Um amigo francês – Ledoq – lhe apresentou a um professor da UCLA, George Avery ou Ayers – ele não lembra ao certo pois sua mente está confusa. Edgar Job conta que conheceu Echevarria em uma festa, através do Professor Avery ou Ayers. Echevarria lhe disse que podia ajudá-lo a resolver os problemas de sua pesquisa na faculdade.

Pouco depois, Echevarria o apresentou ao culto ao Deus Antigo, “A Criatura de Mil Bocas”, “O Pescador na Escuridão”… ele não lembra os nomes ao certo. Echevarria era o sacerdote do culto. Havia outros cultistas – um ator de cinema, algumas atrizes, uma mulher chinesa – ele não lembra os nomes dos outros… ele esqueceu muita coisa.

Job sabe que fez coisas horríveis, mas não se lembra o quê. Job confessa que na noite do tiroteio em 1924, ele matou um investigador que tentou atirar nele, pois este tentou matá-lo. Ele fugiu da fazenda onde invocaram o Deus Antigo, mas não lembra de mais nada naquela noite.

Job acha que tem de proteger Henslowe do que eles invocaram naquela noite do tiroteio para tentar se redimir por seus pecados. Por isso ele desenha os símbolos do olho na parede do sanatório.

Dr. Cage reconhece que o símbolo que Job desenhou é um primitivo hieroglifo do Alto Egito, na fronteira com o Sudão e o deserto, de uma das primeiras Dinastias, cerca de 2.000 a.C.

A entrevista é interrompida pelo Dr. Keaton, que parece preocupado, e está acompanhado de dois enfermeiros. Dr. Keaton pede que os dois professores se retirem. Os enfermeiros escoltam os investigadores até a porta do Sanatório.

Os jardins de Joy Grove

Enquanto isso, lá fora, Graham e Darkcloud esperam do lado de fora do Sanatório, e Trevor Swan dirige até um ponto adiante para vigiar a aproximação ao prédio. Darkcloud sobe em uma árvore para observar a rua

Swan percebe dois carros se aproximando. Cada carro tem 4 passageiros. Ele resolve seguir os carros. Um dos carros passa pela frente do sanatório e segue, circulando a propriedade pelo lado de fora. O outro entra pelo portão. Swan e Graham conversam do lado de fora, enquanto o índio se esgueira e pula o muro, sem ser visto. Ele consegue entrar no prédio a tempo de ver o Dr. Graham subindo com os enfermeiros.

No portão, Swan entra de carro e estaciona perto do carro suspeito que parou lá. Conversa um pouco com o motorista que pede um cigarro.

Graham intimida o vigia do portão, que confessa ter recebido dinheiro para telefonar para um número dado por Jonathan Harcher, se pessoas estranhas aparecessem no Sanatório. Na noite em que os investigadores primeiro visitaram o hospício, ele telefonou para o número.

Harcher e seus capangas voltam ao carro e saem. Graham abre o portão para ele e pressiona o gangster.

O encontro

Dr. Connery tem um encontro com a Enfermeira Hanna Mallins. Ela diz que Job é um caso de loucura extrema e às vezes é até assutador. Ela confessa que achou o Dr. Keaton nervoso ao ir em seu escritório, quando Harcher o visitou.

O Bar na Doca 18

Ao anoitecer eles vão até as docas, para investigar o bar pertencente a Jonathan Harcher. Entram no bar pelos fundos, e examinam os aposentos no andar de cima, mas não descobrem nada. Graham resolve queimar o prédio.

Enquanto isso, o Dr. Connery, que voltou de seu encontro com a enfermeira Mallins, entra no bar a procura dos outros investigadores. Ele vê o prefeito de Savannah lá dentro. Nesse momento, alguém grita que o andar de cima está pegando fogo e todos fogem.

Conversam e consideram que já descobriram todas as pistas possíveis em Savannah e agora é hora de continuar a seguir o rastro dos acontecimentos até Los Angeles. Esperam que a explosão do bar tenha dado um recado aos seus perseguidores ou pelo menos os tire da pista do grupo.

O aeroporto

Partem apressados para o aeroporto, onde já tinham avisado ao piloto Frank Kearns para deixar o avião preparado para partir. Resolvem seguir imediatamente para Los Angeles para pegar o conteúdo do cofre no First Bank of Long Beach.

Kearns mostra aos investigadores um jornal falando de um tiroteio na manhã de domingo – o dia anterior – com três mortos. Uma das testemunhas, um taxista que passava pelo local, disse que um índio saiu carregando um corpo no meio da rua e o jogou em um carro que fugiu em alta velocidade.

Eles ficam aliviados de finalmente estarem saindo de Savannah, agora que suas investigações estavam começando a atrair atenção.

Após várias horas de vôo e uma parada para reabastecimento, o avião pousa no aeroporto de Los Angeles – O Grand Central Air Terminal, em Glendale, ao norte de L.A.

O piloto Frank Cairns consegue dois carros para que eles se locomovam e diz que irá esperá-los em um hotel próximo ao terminal.

Bates Motel

Eles param em um motel na beira da estrada, entre LA e o aeroporto, para descansar. A mulher na recepção é atenciosa e informa que o único restaurante fica 2 km estrada abaixo. Eles jantam e voltam mais tarde para o motel para descansar.

No dia seguinte, eles dirigem para Long Beach em busca do First Bank of Long Beach.

First Bank of Long Beach, Long Beach

Long Beach

Os investigadores percebem que vários prédios estão semi-destruídos ou com sinais de reparos recentes. O Professor Cage se lembra de ter lido uma notícia no ano anterior sobre um terremoto em Long Beach.

A cidade de Long Beach ainda sofre com os efeitos do terremoto de 1933. Entre eles, o prédio onde ficava o First Bank of Long Beach. Uma corrente barra a porta do banco, mas pela janela os investigadores vêem que vários vagabundos estão dormindo lá dentro.

Eles entram pela janela e vêem que o banco parece ter sido saqueado. A porta do cofre está aberta, sem a fechadura, e todos os cofres particulares foram retirados. A porta do escritório está trancada. Existem indícios de que tentaram arrombá-la também, mas não conseguiram. Trevor Swan consegue abrir a porta. Lá dentro, as gavetas estão abertas e as prateleiras vazias. Todos os documentos foram retirados do banco. No canto, meia dúzia de caixas de papelão com o símbolo FDIC e documentos de contar parecem ter sido largadas ou esquecidas ali. O Prof. Cage deduz que FDIC deve ser algum órgão federal.

Graham e Darkcloud interrogam um dos vagabundos que dorme no banco e ele diz que o banco faliu e fechou. Depois do terremoto, os hobos aproveitaram para ocupar o lugar.

Na biblioteca de Long Beach, que também mostra sinais de danos causados pelo terremoto, os investigadores descobrem uma notícia no arquivo de jornais falando sobre a falência do First Bank of Long Beach, causada pela Depressão e pelo terremoto de 1933.

De acordo com a notícia, quem possuia dinheiro guardado no banco perdeu tudo, mas o resto do material do banco, incluindo os conteúdos dos cofres não resgatados, foi retirado pelo FDIC de acordo com o jornal. Descobrem também que a sede do FDIC fica em L.A., no Federal Building.

Federal Building, Los Angeles, Centro

O Federal Building reune todos os órgãos federais em Los Angeles, entre eles o FBI. O escritório do FDIC está situado no 4o andar. O Dr. Connery sobe até o escritório do FDIC. Após esperar uma hora pelo fim da reunião do diretor do departamento, Connery consegue convencer a secretária Srta. Janine a levá-lo até o diretor.

O diretor do FDIC em L.A., Irvin Hoff, conversa com Connery, que se apresenta como enviado pela família de Henslowe para pegar o conteúdo do cofre bancário do First Bank. O diretor chama o funcionário responsável pelo material do banco, Marv Burlington, e este preenche uma autorização para que o cofre seja retirado do local onde está guardado: o Armazém Federal, em Long Beach. Mas diz que irá demorar 24 horas para conseguir encontrar o cofre.

 

Federal Warehouse, Long Beach

Um armazém utilizado pelo governo para guardar material, na estrada para entrada de Long Beach. O material do First Bank of Long Beach que não foi reclamado pelos proprietários ficou guardado em uma das imensas prateleiras do armazém.

No portão, o guarda deixa que o Dr. Connery entre no Armazém. Darkcloud fica de guarda do lado de fora. Um funcionário verifica os papéis e a chave e diz que poderá providenciar a caixa, mas em 48hs. Connery consegue convencê-lo a entregar a caixa imediatamente, pagando discretamente 50 dólares.

De volta ao Motel Bates

A caixa contém uma dúzia de fotos e quatro livros de contabilidade. Darkcloud se recusa a ver as fotos.

As fotos no cofre

  • As fotos em preto e branco mostram pessoas usando mantos negros estranhos e máscaras, tanto homens quanto mulheres.
  • Em uma das fotos, alguém que parece um sacerdote ergue uma adaga similar a deixada no quarto do hotel em Savannah. Na outra mão ele parece segurar um coração. Em um altar a sua frente uma mulher nua parece se contorcer…
  • Outras fotos mostram outros atos depraváveis e macabros, envolvendo os cultistas e mulheres que parecem dopadas ou em transe.
  • Edgar Job aparece em duas das fotos, em que ele parece bem mais novo e saudável.
  • Um dos homens na foto é reconhecido como um ator de sucesso que um dos investigadores já viu em alguns filmes de terror anos atrás, chamado Richard Spend.
  • Uma das mulheres parece ser uma atriz, mas nenhum dos investigadores lembra o nome dela.
  • Tinha uma mulher chinesa nas fotos
  • Trevor reconhece alguns símbolos pintados na parede como ligados a um deus antigo chamado Gol-Goroth.

As fotos perturbam o Dr. Cage que se lembra de relatos sobre Black Mass (missas negras) na Idade Média e de um trecho do livro Nameless Cults que ele está lendo.

Os livros de contabilidade

Os livros de contabilidade são datados de 1920 a 1924 e estão cifrados. Parecem mostrar carregamentos e pagamentos feitos, vindos de várias cidades. Uma nota diz que o contador é Abraham Buchwald.

Connery começa a decifrar os livros de contabilidade, mas percebe que precisa da ajuda de alguém que entenda de contabilidade. Ele vê que alguns navios de bandeira inglesa e holandesa parecem ter chegado ao porto oriundos do Sudeste Asiático e de lá a mercadoria era distribuída para outras cidades no país.

Graham faz contato com um colega oficial da LAPD, Detetive John Huggins. Ele marca um encontro com Graham para botarem a conversa em dia em um restaurante em downtown.

Os investigadores se mudam para um hotel melhor localizado, em Los Angeles.

Universidade da Califórnia

Os investigadores descobrem que George Ayer foi professor da Universidade da Califórnia. A secretária do Departamento de História não é de muita ajuda, mas o Prof. Cage consegue marcar uma entrevista com o diretor do departamento para o dia seguinte.

Boos Brothers´Cafeteria, 560 Hill Street

Graham conversa com seu amigo, o Detetive John Huggins, relembrando os velhos tempos. Huggins não se lembra de crimes bizarros em Los Angeles recentemente. Entretanto, ele consegue para Graham os endereços do contador Abraham Buchwald: um residencial, 892, Sunset Boulevard, em Highland Park, um bairro nobre de Los Angeles; e um escritório comercial em downtown, no renomado Bradbury Building, 304 South Broadway, a cerca de duas quadras da Prefeitura. O contador tem uma ficha policial limpa.

Enquanto isso, perturbado, Darkcloud liga para a reserva e conversa com o chefe da aldeia e seu amigo e mentor espiritual, perguntando sobre sua mulher.

UCLA – Departamento de História

No dia seguinte, o Diretor do Departamento de História, Prof. Miles Roman, informa ao Dr. Cage que não chegou a conhecer o professor Ayer, pois ele chegou na UCLA há apenas alguns anos. Mas, ao olhar os arquivos ele verifica que o Dr. George Ayer partiu em uma expedição para a Etiópia, em 1924, junto com um grupo de três alunos da Universidade. Durante um ano Ayer manteve contato com a universidade, mas a partir de 1925 não houve mais nenhuma carta ou telegrama vindo da expedição. Estranhamente, os documentos foram esquecidos e Ayer continuava constando como professor da universidade.

UCLA – Instituto de Matemática

Os investigadores revelam as fotos tiradas no quarto de job no Sanatório Joy Grove e as mostram a um antigo professor de matemática de Edgar Job, Prof. Stuart Tichener.

O professor Tichener diz que as equações nas fotos do asilo não fazem sentido. Não respeitam as leis matemáticas euclidianas e não podem estar corretas. Job não era muito certo da cabeça na opinião de Tichener.

Ele se lembra que Job queria provar que poderia usar cálculos não-euclidianos para acessar o espaço hiperbólico. Mas que suas equações nunca deram certo e tudo não passava de loucura. Job abandonou o curso em 1924.

Ele consegue algumas provas e trabalhos de Job e os entrega para o Dr. Connery. As notas de Job são baixas e ele não recebe muitos elogios dos seus professores.

Connery consegue contratar um mestrando de Contabilidade, Jonh Leighton, para lhe ajudar a entender a contabilidade dos livros.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s