NYPD vs Cthulhu: Quem é Quem na Big Apple.

New York era uma cidade cheia de esperança em uma época melhor. Prédios disputando as alturas. O Empire State Building ia começar a ser construído com o objetivo de ser o prédio mais alto do mundo. O Chrysler Building e o 40th Wall Street disputam para ver qual será o prédio mais alto do mundo. 

Era verdade que o crime e a corrupção estavam entranhados na cidade. Era a Era da Proibição e, com ela, a Era dos Gangsters.

Se Chicago tinha Al Capone, New York tinha Joe “The Boss” Masseria e Giuseppe Maranzano como os grandes chefões em luta pelo controle do submundo. E muitos outros chefes ambiciosos, como Lucky Luciano, Vito Genovese, Joe Adonis, Joe Bonano, Carlo Gambino e incontáveis pequenos aspirantes a chefões do crime.

O New York Yankees havia perdido a chance de disputar e ganhar pela terceira vez consecutiva a World Series para o Philadelfia Atlhetics. O Brooklyn Dodgers continuava uma droga.  E Babe Ruth era o herói dos nova iorquinos. 

Quem é Quem em New York no final dos anos 20 e início dos anos 30

Policiais 

J. Edgar Hoover, Diretor do Bureau of Investigation. Iniciou sua carreira na polícia  como Chefe da Divisão de Inteligência do Bureau of Investigation (o futuro FBI), caçando comunistas e outros radicais. Misterioso e temido, é o diretor do Bureau desde 1924. Com cerca de 650 empregados – sendo 441 Agentes Especiais – espalhados pelo país, Hoover vem contratando novos Agentes e aumentando a influência do Bureau – incluindo um interesse na investigação de crimes estranhos.
Inline image 1
Grover Whalen,  Comissário de Polícia de New York. Um defensor da Proibição. A polícia de New York é famosa por sua corrupção e sua violência. Chefe dos 12.000 policiais de New York. A maioria deles uniformizados, que fazem a patrulha das ruas. Os Departamentos de Detetives são envolvidos na apuração de crimes de homicídios, roubos, incêndios e desaparecimentos, entre outros.
Lewis Valentine
Lewis J. Valentine, Chefe da Delegacia do Bronklyn.  Considerado incorruptível, ele tem muitos inimigos dentro da própria polícia. Apesar disso, sua eficiência ao dirigir a delegacia tem garantido que ele seja uma estrela em ascensão na polícia. Começou a reunir um grupo de detetives para investigar crimes misteriosos e que têm chamado a atenção da mídia.

Políticos

Os políticos de New York são um grupo corrupto e influente. A cidade é controlada pelo Tammany Hall, um grupo político do Partido Democrata, que se reúne no prédio com esse nome, e que domina o governo municipal de New York desde 1854, utilizando-se do tráfico de influência e corrupção.

James J. Walker (Beau James), o influente e poderoso Prefeito de New York. Membro da Tammany Hall. Dizem por aí que ele está envolvido em altos escândalos de corrupção envolvendo a prefeitura da cidade. É um oponente da lei seca e figura comum nos bares da cidade durante a proibição. Apelidado de Night Mayor e Late Mayor, pelo hábito de passar as noites nas boates e só chegar à Prefeitura após o meio-dia.
 FDR in 1933.jpg
Franklin Delano Roosevelt, Governador Democrata de New York. O futuro Presidente dos EUA é atualmente o respeitado e influente governador do Estado de New York.

Mafiosos

A máfia se expandiu graças à Lei Seca. Atualmente duas facções mafiosas estão quase em guerra. Isso aumentou a violência nas ruas da cidade.

 Giuseppe „Joe“ Masseria.jpg
Giuseppe “Joe the Boss” Masseria. Chefão da Máfia. É o mafioso mais poderoso de New York. Considerado um homem de sorte após escapar de um atentado.
Resultado de imagem
Salvatore Maranzano. Chefe do Crime no Brooklyn (Castellammarese Clã). Rival de Masseria
Lucky Luciano mugshot.jpg
Charles “Lucky” Luciano. Mafioso em New York, escapou de um atentado uns meses atrás após ser sequestrado e levar uma surra quase até a morte. O caso ficou famoso em 1929.

Personalidades

Texas Guinan
Mary Louise “Texas” Guinan. Ex-atriz de teatro vaudeville e dona do 300 Club, na 54th Street, um speakeasy (bar que vendia bebida ilegal) famoso por sua troupe de 40 dançarinas. Uma verdadeira celebridade da noite de New York. Presa várias vezes por vender bebida e por providenciar entretenimento indecente. Dizia que nunca tinha vendido uma bebida na vida e que seus clientes é que traziam seus próprios drinks.
 OMadden
Owney Madden. Dono de vários speakeasies e nightclubs, entre eles o famoso Cotton Club, no Harlem. Ex-prisioneiro da infame prisão de Sing Sing e ex-contrabandista de bebidas. Uma verdadeira celebridade. Dizem que tem nas mãos metade dos políticos de New York.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s