The Darkest Hour: Enfrentando Cthulhu em Londres na Guerra

Um jogo de Cthulhu durante a Segunda Guerra Mundial pode se passar no front (como é o caso de Achtung Cthulhu). Mas uma outra alternativa igualmente interessante é fazer com que o jogo seja ambientado em Londres durante a Guerra.

Rastro de Cthulhu tem uma ambientação londrina em Bookhounds of London, que se passa na Londres dos Anos 30. Existia uma suplemento para Chamado de Cthulhu que também se passava durante a guerra – World War Cthulhu: London. Minha ideia foi criar um cenário de campanha que se passasse durante a guerra, mais especificamente na época da Blitz, quando os alemães bombardeavam Londres, mas que não limitasse os investigadores a membros de uma livraria como o Bookhounds. Por outro lado, também não queria um jogo de guerra, mas um jogo durante a guerra.

Cenário: Londres durante a Blitz, ou seja, durante o período em 1940-1941 em que a cidade esteve submetida aos ataques da Luftwaffe alemã. O jogo deve se passar em Londres, talvez com algumas excursões aos arredores da cidade.

Estilo: Purista, com alguns tons de pulp. Londres é uma cidade às escuras e que teme as bombas lançadas pelos aviões alemães vindos do céu. Imagine andar por uma cidade sem luz nas ruas, temendo ouvir as sirenes que indicam a possibilidade de uma ataque aéreo. Se esconder em abrigos apartados e cheios de desconhecidos ou nos porões e abrigos improvisados nos quintais da casa, torcendo para não ser atingido por uma bomba. Os investigadores não irão enfrentar criaturas do Mythos com metralhadores ou combater nazistas saídos de um filme de Indiana Jones. Eles serão cidadãos comuns tentando sobreviver no caos e na guerra. A guerra mudou a vida de todos, até aqueles que não foram ao front.

Investigadores: o jogo se passa durante a guerra, mas não é um jogo de guerra. Os investigadores que sejam soldados treinados provavelmente estiveram em Dunqueque e saíram de lá feridos ou com traumas que os impossibilitaram de voltar aos quartéis e acabaram relegados ao serviço burocrático. Bons soldados são necessários na linha de frente, esperando pela invasão alemã ou no Egito para defender a posição estratégica do Império Britânico.

Clima: Londres durante a guerra é um local perigoso. A tensão é palpável. Os alemães conquistaram a França e estão do outro lado do canal da Mancha. Pelo ar, eles atacam as fábricas e aeroportos tentando destruir a RAF (Força Aérea Inglesa).

A campanha se inicia antes dos ataques da Luftwaffe contra Londres, mas o medo de um ataque à capital é enorme (o ataque virá em setembro de 1940). Durante os ataques aéreos, fogo e destruição são comuns.

Mote: True Detective encontra Downton Abbey durante a 2a Guerra Mundial.


Ocupações

Para cada soldado no front, marujo nos navios ou aviador nos aeródromos, são necessários vários trabalhadores e pessoal de apoio. Seu personagem continua a trabalhar em Londres, mantendo os serviços e comércio necessário para a cidade e/ou ajudando no esforço de guerra.

Escuridão na Blitz.JPGTodas as profissões de Chamado de Cthulhu podem ser usadas em um jogo ambientado em Londres durante a guerra. Alguns destes profissionais acabaram sendo recrutados pelo exército, mas a maior parte continuou a viver como viviam antes, por seus serviços serem essenciais à economia de guerra, pela idade ou por não serem aptos à vida militar.

Militares
Militares, especialmente os soldados, devem ter um motivo para estar em Londres. Dificilmente um soldado bem preparado estaria na cidade. Um membro da Home Guard pode ser construído com a especialidade Soldado, lembrando que ele provavelmente não recebeu um bom treinamento militar, se for jovem, ou é um veterano de guerra, se mais velho. Pode usar também a especialidade Oficial de Inteligência: adicione Burocracia, Criptografia, Library Use. Pilotos da RAF (Royal Air Force) podem ser construídos usando a ocupação Piloto.

Aristocracia (Diletante)
Londres tem residências luxuosas, moradia dos ricos e nobres – ladies e gentlemen. Eles residem em bairros como Belgravia e fazem suas compras na Harrods e na Fortnum & Mason. Muitos londrinos ricos têm uma casa no campo, em que passam parte do ano, e outra na capital, que só frequentam durante alguns meses. Além disso, eles têm numerosos serviçais, desde mordomos até camareiras. Boa parte vive da herança ou de um fundo de truste ou outra fonte de renda que não necessita que eles trabalhem. Podem apenas viver da renda. Os homens provavelmente estudaram em Eton College, Harrow ou Westminster School. As herdeiras de famílias ricas, por sua vez, normalmente frequentaram escolas de tempo integral na Suíça.

Intelectuais
Londres é uma capital com muitas universidades e outras instituições renomadas. As bibliotecas e museus atraem intelectuais de todo o mundo. Lojas de livros e objetos antigos, extraídos de todo o Império Britânico são comuns no centro de Londres. O investigador pode ser um professor, um arqueologista ligado ao British Museum, um aspirante a escritor ou um curioso antiquário.

Médicos e Enfermeiros
Londres tem vários hospitais importantes: Middlesex Hospital (central London), Great Ormond Street (Bloomsbury) e o Bethlem Royal Hospital (Bromley) são alguns dos principais hospitais. Harley Street é uma rua que é sinônimo da profissão médica, centenas de médicos trabalham em hospitais e clínicas privadas na região.

Artistas
Londres tem uma longa tradição de ser um centro de arte, com importantes galerias, teatros e auditório de concerto. A comunidade artística frequenta certos bares e cafés nos distritos mais modernosos. O War Artists’ Advisory Committee (WAAC) foi estabelecido em 1939 com o objetivo de compilar as coleções de artes existentes na cidade e protegê-las em caso de guerra.

Jornalistas
Londrinos tem o hábito de ler jornais diariamente, no café da manhã ou no caminho para o trabalho. Os principais jornais diários são o The Times, The Daily Telegraph, The Manchester Guardian, The Daily Express, The Mirror, the News of the World e The People. Correspondentes estrangeiros noticiam sobre a guerra a partir de Londres, principalmente norte-americanos. Notícias também passam nas rádios e nos cinemas, em um cinejornal que é transmitido antes de cada sessão dupla de filmes.

Forças da Lei
A ordem e a lei são mantidas pela Polícia Metropolitana, na Grande Londres, ou pela Polícia da City of London (no centro de Londres). Os policiais de rua – cujo apelido é Bobby – vestem um elegante uniforme com um capacete característico e carregam um cassetete e um apito, mas não portam armas de fogo. Muitos policiais mais jovens foram convocados para o Exército e velhos policiais, que já estavam aposentados ou servindo nos escritórios agora fazem a patrulha das ruas. Alguns deles usam, com orgulho, suas medalhas da Grande Guerra de 1914-1918. Os detetives da Scotland Yard se vestem à paisana. Investigadores privados também são comuns.

Comerciantes
Muitos londrinos trabalham no comércio ou na indústria. Vendedores de jornais, funcionários dos escritórios, atendentes na Harrods, trabalhadores das fábricas, entre outros. A vida na cidade deve continuar, as pessoas ainda precisam comer, comprar mantimentos e trabalhar.

Serviçais
Apesar de a aristocracia não manter mais tanta pompa quanto algumas décadas antes, eles ainda precisam de mordomos, camareiras, cozinheiros, motoristas e outros empregados para suas residências em Londres. A maioria vive no East End e trabalha nas residências do West End. Outros moram no mesmo local em que trabalham, mas isso é cada vez mais incomum.

Taxistas (London Cabbie)
Para se tornar um taxista é preciso antes passar por um teste chamado ‘the Knowledge’. The Knowledge prova que o taxista conhece a cidade, suas ruas, praças e estações de trem, onde ficam os teatros e hotéis, como se mover por Londres. The Knowledge equivale ao conhecimento de terreno da cidade de Londres. Os táxis (os famosos Black Cabs / Hackney carriages) podem ser parados na rua ou em filas de táxi. O banco de passageiro da frente do táxi normalmente serve como lugar para guardar as malas, os passageiros vão no assento de trás.

Sem Teto – The London Tramp
Se já teve uma profissão, ela agora é uma distante memória. A vida nas ruas é o que restou. Com sorte você encontra um abrigo ou um local para dormir e se proteger do frio e da chuva. Por outro lado, você conhece tudo que acontece nas ruas de Londres. Bem mais do que aqueles londrinos que podem dormir sob tetos confortáveis. Em Londres, um sem teto ou “Hobo” recebe o nome de “Tramp”.


Experiência de Guerra:

Durante a guerra, nem todos continuaram com as mesmas ocupações dos tempos de paz. Em 1939, quando a guerra estourou, boa parte dos adultos em idade militar foi recrutado para o Exército. Todos os homens de 18 a 41 anos eram elegíveis para o serviço militar. Mulheres solteiras ou viúvas sem filhos entre 20 e 30 anos e homens entre 41 e 60 também deveriam prestar um serviço nacional em uma das unidades auxiliares, como a Home Guard, a ARP ou nos hospitais e no combate a incêndios.

Nem todo investigador terá uma ocupação de guerra. Algumas profissões eram liberadas da conscrição militar, como médicos, engenheiros, clérigos e serviços essenciais, além de todos aqueles considerados não aptos ao serviço militar.

Jornal

Algumas das ocupações abaixo podem dar uma vantagem ou desvantagem em certas situações, mas, em regra, eles servem para ajudar a estabelecer a história do investigador e facilitar o guardião a envolver os personagens na trama.

Exemplos de experiência de Guerra:

  • Trabalhador das companhias de água, eletricidade, mêtro ou gás; operários das fábricas de munições e aviões, trabalhadores nas docas ou nas ferrovias:  eram considerados essenciais ao esforço de guerra e por isso não foram objeto de recrutamento. Muitos se envergonhavam desse fato.
  • Membro voluntário da Home Guard: muito jovem, muito velho ou incapaz de ir para o front, você se alistou para defender a cidade em caso de ataque. Seu papel é proteger as bases aéreas, fábricas e armazéns militares e repelir uma invasão alemã. Suas armas eram de segunda categoria, já que as melhores armas iam para o Exército. Alguns voluntários mantinham seus empregos e se juntavam a Home Guard após terminar o seu dia de trabalho.
  • Vigia da ARP (Air Raid Precautions): o personagem se tornou um dos milhares de voluntários da ARP, usa um chapéu de ferro com o símbolo W – de Warden (vigia), botas e carrega sempre uma máscara de gás. Sua função é fazer cumprir o blackout, patrulhar as ruas e evitar que qualquer luz possa escapar do interior das residências, repreendendo quem não obedecia à ordem de apagar todas as luzes durante a noite.
  • Auxiliar de bombeiro, motorista de ambulância ou voluntário de hospital: você provavelmente tem algum outro trabalho, mas quer dar sua contribuição para a vitória contra os nazistas.
  • Oficial da Inteligência: um dos oficiais responsáveis pelo planejamento e condução da guerra. Pode ser um professor ou intelectual recrutado pelos seus conhecimentos acadêmicos. Também vigiam os comunistas e possíveis espiões nazistas da quinta coluna.
  • Serviço de apoio aos militares: funcionário do Ministério da Guerra ou outro órgão do governo, engenheiro ou cientista. Talvez um militar que não pode voltar ao front ou uma secretária que se alistou em resposta aos apelos do Rei.
  • Militar: soldado aproveitando uma breve licença antes de voltar ao front ou então se recuperando de algum ferimento recebido em Dunquerque.
  • Contrabandista: em tempos de guerra e racionamento, alguns ganham a vida no mercado negro, ou vendendo certificados falsos de dispensa militar.
  • Desertores: alguns preferiam evitar o serviço militar, ignorando as ordens para apresentação à junta médica ou falsificando seus exames médicos (a pena por emitir um certificado falso era de 150 libras). Desertores não tem uma carteira de identidade nem a cartela de racionamento ou são obrigados a adquiri-las de falsificadores.
  • Objetores conscientes: aqueles que se recusavam a prestar o serviço militar deveriam se justificar perante um tribunal militar. Eles eram vistos como covardes pelo resto da sociedade e podiam receber uma pena branca (white feather) como símbolo de sua covardia. O tribunal poderia aceitar condicionalmente a objeção, requerendo que prestasse um serviço civil ou militar em uma posição de não-combatente.

Marcas de Dunquerque

Dunquerque_retirada.JPG

O investigador – se ele for um soldado – ou alguma pessoa a ele ligada esteve em Dunquerque. Se for um civil, ele também pode ter ajudado durante a evacuação. Se foi o próprio PC que esteve no front, ele tem alguma marca daqueles dias. Se ele não esteve lá, então ele perdeu alguém durante a retirada. De qualquer forma, ele tem algum trauma de guerra – sejam pesadelos, feridas não cicatrizadas, amnésia ou algo do gênero. Anote rapidamente alguma ideia – ela será desenvolvida em flashbacks.


 Drives

Em uma aventura durante a guerra, os Drives são muito importantes. São eles que vão levar o investigador a sair da relativa proteção dos abrigos para investigar crimes em uma Londres na escuridão.

Todos os drivers do livro de regras servem, embora alguns como Dever, Curiosidade, Follower e Sudden Shock são mais comuns.


Novas Habilidades

As habilidades do livro básico podem ser usadas normalmente. A única habilidade nova é do Bookhound of London e representa o conhecimento da cidade de Londres:

The Knowledge (Acadêmica)

Um teste a que os taxistas londrinos se submetem, mostrando o conhecimento da cidade. Com essa habilidade, você conhece as ruas de Londres com as palmas de sua mão. Você pode:

  • Se lembrar de locais, ruas, lojas ou outros pontos de interesse, sua clientela, horário de funcionamento, entradas alternativas.
  • descobrir a rota mais rápida ou menos observada entre dois locais de Londres, as rotas de ônibus e metro.
  • Recordar detalhes sociais, étnicos ou econômicos de qualquer vizinhança de Londres.
  • Identificar figuras importantes associadas com uma vizinhança
  • Saber qualquer informação relevante sobre a geografia de Londres.

The Knowledge está disponível como uma habilidade ocupacional para Criminosos, Jornalistas, Detetives Policiais, Investigadores Privados e Tramps (Hobos).


Mais sobre Londres durante a Guerra

O Cenário é melhor desenvolvido nesses outros posts:

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s