Seattle Metroplex: Snohomish

Se você acha, runner, que o metroplexo é só arcologias e favelas, então vai se surpreender com os distritos do norte, especialmente com Snohomish.

Snohomish map

Snohomish

“Tranquilidade e Segurança”. Um distrito calmo e agradável, controlado por Agrocorps, com fazendas e fábricas de produção de alimentos e algumas lojas de antiguidades. A área rural de Seattle, por mais bizarro que isso possa parecer, se você acreditar nas propagandas na NeoNet.

Snohomish era um lugar pequeno, uma comunidade antiga que se orgulhava se seu passado até a época em que o mundo fez kabum e tudo ficou louco. A cidade foi invadida por refugiados das terras indígenas e incorporada ao metroplexo depois do tratado com as Nações Indígenas. Mas parte de seu caráter tradicional e agrícola continuou, apesar da proximidade com os arranha-céus de Downtown e com a desolação de Redmond.

Problemas no Paraíso

De um lado fazendas automatizadas de soja e de algas modificadas-geneticamente por megacorps como Ingersoll-Berkeley, AquaArcana e NatVat. Do outro, sítios e pequenas fazendas que produzem vegetais e frutas adquiridos pela elite do metroplexo.

Snohomish farmsAs corps usam a água do rio Snohomish para produzir soja para exportação para o Japão e se beneficiaram com o aumento de preço após a guerra Aztlan-Amazônia. O distrito vive uma disputa entre as poderosas Agrocorps e pequenos fazendeiros. Estes vem perdendo terreno para as empresas, sendo forçados a venderem seus sítios, por causa de dívidas ou aumento da insegurança após ataques de bandidos na região.

Policlube Humanis

Snohomish é também uma base de atuação do Policlube Humanis e o lugar mais anti-metahumano do metroplexo. Quase todo bairro e localidade do Distrito tem pelo menos uma sede do Policlube Humanis, promovendo churrascos no fim de semana e ódio nos outros dias.

Gangues pró-humanas como o Human Army e um capítulo dos Head Hunters tem base em Snohomish. Anões e elfos sabem que mesmo uma vizinhança aparentemente segura não é muito segura para um metahumano. Orcs e trolls que ainda não foram expulsos, andam com cuidado nas ruas do Distrito. Isso reflete em Snohomish ter uma baixa percentagem de outras raças não-humanas.

Crime

As regiões mais remotas de Snohomish sofrem com uma proteção deficiente da Cavaleiro Errante. Já o centro é bem vigiado, tanto pela Cavaleiro Errante (contrato do metroplex), quanto pela Lone Star (contrato distrital). Essa dupla jurisdição da polícia, entretanto, causa problemas de disputas entre os guardas das duas empresas.

A máfia tem o controle do crime aqui, na figura do Capo Angelo Luposcelli. Armas e drogas fluem da máfia para o Humanis e as suas gangues…cof..cof.. milícias.

O maior inimigo do Humanis e do Human Army são as gangues vindas de Redmond. Esse pessoal tem se infiltrado e ganhado terreno no sul do Distrito, especialmente em Monroe e no Lord Hill Park. First Nations, Crimson Crush, Rusted Stilletos e até um capítulo local dos Ancients, aquela gangue de elfos motoqueiros. Não é a toa que a Cavaleiro Errante e a Lone Star tenham aumentado suas patrulhas na fronteira e o Sub-prefeito Dale Trauser queira construir um muro entre Snohomish e Redmond.

Snohomish prisionThrashers Correctional Facility é uma prisão privada dominada por partidários do Policlube Humanis. Péssimo lugar para um metahumano parar. Os guardas da prisão são do tipo mais violento e corrupto. E estão todos no bolso do pessoal do Humanis.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s