Shadowrun: Segredos Corporativos

Os runners são contratados para darem proteção a uma jornalista que vai entrevistar uma fonte escondida com informações sobre uma das grandes Megacorps.


McCain, Norton e Kincaid recebem um convite de William McCallister para irem a seu bar, o Bull´s Meathouse. McCallister manda eles trazerem um reforço bom de briga. Como não localiza o ork Gouki, McCain lembra do elfo Tijuana, com quem trabalhou para achar o mago, e o convida.

No restaurante do velho runner, eles encontram outra figura conhecida: a jornalista elfa Athena Alescio. Ela diz que precisa de uma escolta para fazer uma entrevista em Puyallup, um distrito pobre e perigoso do sul do Metroplexo. O entrevistado marcou o encontro no Reservatório McMillin, na área mais selvagem do distrito.

Districts - Puyallup

A elfa se recusa em entrar em detalhes sobre a identidade do entrevistado, mas os runners percebem que se ela está tão preocupada a ponto de precisar de seguranças, deve ser alguém importante, ligado a uma corporação. Pressionada, a elfa diz que basta eles saberem que ele é um ex-executivo da EVO Corporation, que sabe vários podres da corp. Eles acertam o pagamento de vinte mil neoienes pelo serviço e marcam um encontro no mesmo local no dia seguinte.

No dia seguinte, para evitar que sejam seguidos, o xamã Kincaid lança um feitiço de invisibilidade em Athena. McCain, Kincaid e Tijuana saem calmamente, com a elfa protegida pelo feitiço de invisibilidade. Eles entram no carro de McCain. Enquanto isso, Norton fica no furgão dando cobertura e usando um drone aéreo. McCain percebe um carro estranho parado mais adiante na rua. Norton observa que o carro continua parado depois que eles saem e que eles não estão sendo seguidos.

Seguindo a trilha em Puyallup

Puyallup map.jpgNo reservatório, eles dirigem até a beira do lago de águas esverdeadas e sujas. Um jipe se aproxima, com duas pessoas. O jipe para a cerca de cem metros do carro de McCain. Este e Kincaid se aproximam a pé do carro, enquanto Tijuana dá cobertura. Norton fica de longe, fora da área do reservatório, controlando a cena usando um de seus drones.

O jipe tem um ork e um humano, nenhum deles o contato de Athena. A situação fica tensa, mas os estranhos entregam um comlink barato aos runners. Eles recebem uma ligação do misterioso contato e Athena conversa com ele, que ela chama de Mister Z. Ele manda a jornalista ir até a esquina da 328 com a 335, em Loveland.

Do setor dos motéis de Puyallup, Mister Z entra em contato novamente e manda o grupo ir até um prédio, na rua 345. O prédio é um cortiço vertical com 45 andares, que provavelmente deve ser controlado por gangues. No endereço, Tijuana pega outro comlink no local indicado por Mister Z.

Enquanto isso, McCallister avisa que os homens que estavam vigiando Athena perceberam que foram enganados. O ork veterano, mostra a imagem de um deles entrando no bar – um engravatado que com certeza destoa do local. McCain e Tijuana reconhecem o estilo e equipamento de um agente da Knight Errant. Eles avisam a Athena que o tempo está se esgotando. Os caras que estão atrás do Z, já sabem que foram enganados.

Puyallup 4

Pelo novo comlink, eles avisam ao misterioso Z e esse diz que a busca está chegando ao fim. Ele manda o grupo ir até o 25 andar. Eles optam por ir pelas escadas. Kincaid continua a manter o feitiço de invisibilidade sobre a elfa. No caminho pela escadaria eles passam pelas gangues do Décimo e do Décimo-Oitavo Andar. Eles conseguem intimidar os membros das gangues e passar por eles.

No Vigésimo-quinto andar entram no território do Triple-X, a gangue que controla o território… No apartamento indicado, eles encontram o contato da jornalista. McCain e Tijuana percebem que o entrevistado é um azatlano e que tem tatuagens corporativas da Aztechnology. Athena admite que não falou a verdade – o seu contato é um foragido da Aztec. McCain diz para ela nunca mais mentir para os runners.

Athena começa a entrevista, mas eles são interrompidos por membros da Triple-X, que os ameaçam. Tijuana consegue intimidar o líder da gangue, que aceita um pagamento de 2.500 neoienes em troca de deixar o grupo em paz. McCain sugere que a elfa termine a entrevista rapidamente, antes que os membros da gangue resolvam voltar.

Eles negociam fazer a extração do ex-Executivo da Aztechnology, por outros 20 mil neoienes para levá-lo até o SeaTEC Terminal – o aeroporto do metroplexo. Kincaid joga o feitiço de invisibilidade sobre eles.

Saem do prédio sem enfrentar novos problemas com as gangues e dirigem até o aeroporto. McCain vai na frente, em seu carro, com batedor. Os outros vão no furgão de Norton, junto com a jornalista e o ex-corp, que terminam a entrevista no furgão. Eles conseguem evitar as patrulhas da Knight Errant – que parece especialmente ativa naquela noite – seguindo por ruas estreitas e pela zona portuária de Tacoma. O ex-Executivo gosta do serviço dos runners e paga um bônus de 5 mil neoienes. Diz que depois pode ter outros serviços para o grupo.

Tijuana deixa a elfa no prédio dela, em Bellevue, e o resto do grupo volta para Redmond. No dia seguinte, as notícias mostram um novo escândalo envolvendo a Aztechnology.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s