Arkham

Uma cidade localizada na Nova Inglaterra, nas margens do Rio Miskatonic, 22 milhas ao norte de Boston. Arkham foi fundada no final do século XVII. É conhecida por suas casas antigas e pela antiga e renomada Universidade Miskatonic.

A cidade foi construída na beira do rio e ocupa as duas margens do rio Miskatonic. Na margem norte fica o centro e as casas da elite local, além de um bairro que já foi moradia das famílias antigas, enquanto ao sul do rio fica a zona comercial, o campus universitário e os bairros de imigrantes.

Margem Norte

Northside

Bairro em uma colina que sobe gentilmente a partir do rio. É o bairro das famílias ricas da cidade. As ruas West Derby e Apple Lane possuem várias mansões no estilo Georgiano, Clássico e Vitoriano, com grandes jardins, muros de pedra e portões de ferro.

As propriedades ao norte de Derby e da estrada Godwell, situadas no topo da colina, com a melhor vista de Arkham, estão entre as maiores e mais imponentes casas de Arkham e geralmente possuem grandes terrenos.

Entre West Curwen e o rio, fica a zona comercial e financeira da cidade. incluindo o prédio de escritórios Rex Mortimer, o maior hotel da cidade, o Jenkins Hotel, e a sede do principal jornal da cidade, o Arkham Advertiser. Próximo ao rio fica a Estação de Trem, a principal ligação de Arkham com o resto da Nova Inglaterra.

  • Passagem de trem: 
    • Arkham-Boston: $2.20
    • Arkham-Newburyport: $1.40
  • Passagem de ônibus:
    • Salem: $0.35/Boston: $1.45
    • Kingsport: $0.25
    • Dean´s Corner: 0$3.50/Aylesbury: $ 3.75
    • Ipswich: $0.75 / Newburyport : $0.95
  • Jornais:
    • Arkham Advertiser
    • Arkham Daily Herald
    • Arkham Telegraph
  • Hotéis:
    • Jenkins Hotel
    • Delgado Hotel
    • Felion´s Inn

Downtown

Nos limites norte da cidade, fica o Arkham Sanatorium, uma instituição que faz modernos tratamentos psiquiátricos. O terreno é cercado por uma alto muro de pedra. Existe uma ala para os pacientes capazes de pagar cerca de $110 doláres por mês e uma para os indigentes, sustentada pela caridade das famílias ricas da cidade. 

A Independence Square é o principal ponto de reunião cívico de Arkham.
Uma enorme praça, com uma elegante cerca e vários portões de entrada. Em torno da praça ficam os principais prédios administrativos de Arkham. 

Ao norte, o novo e enorme edifício neoclássico da Corte de Justiça, cuja construção terminou pouco antes do estouro da Grande Depressão. Do outro lado da Avenida Peabody fica a Prefeitura e atrás dela, o Museu de História Natural

Do lado leste da praça, fica a Delegacia de Polícia. O Corpo de Bombeiros também está próximo, nos fundos do prédio da Corte. Ao sul, fica o escritório do Serviço Postal e a sede do novo jornal da cidade, o Arkham Daily Herald

O hotel mais chique da cidade, o Delgado Hotel, fica de frente para o museu e próximo à praça. Além disso, os principais restaurantes e cinemas da cidade também estão na área entre Peabody Street e Garrison Street. Nos finais de semana, essa é uma região movimentada em Arkham com famílias e jovens passeando.

Também pouco antes da Grande Depressão foi inaugurado o Grand Opera, o maior cinema de Arkham, com 2 salas de filmes com as maiores telas da cidade. Curiosamente, apesar da crise, o cinema continua cheio nos fins de semana a noite.

East Town

Um bairro de casas antigas e decadentes. O topo da colina, entre Federal Street e Whately era, no século XVIII e XIX, a moradia das antigas famílias da aristocracia (Derbys, Ornes, Pickmans e Pickerings). A maioria dos que tinham dinheiro já se mudou daqui, como o estado das propriedades demonstra. As ruas são estreitas, enladeiradas e mal-conservadas e o ar é de decadência e abandono.

Ao sul de Whately Street, a colina desce bruscamente em direção ao rio. As casas são modestas e apertadas. Famílias descendentes dos antigos escravos moram nessa região e ainda sofrem forte preconceito. 

O escritório do Arkham Telegraph fica em um prédio de três andares na Whately Street. O jornal atualmente é o de menor circulação e está quase falido.

Em torno da linha de trem ficam alguns escritórios, armazéns e pequenas oficinas e fábricas. É uma região deserta à noite, quando passam os trens de carga em direção a Boston.


Margem Sul

A margem sul tem o centro comercial, o campus da Universidade Miskatonic e os bairros de classe média e dos imigrantes.

Velho Porto

Os Armazéns do Velho Porto já foram movimentados. Mas hoje em dia a River Street é uma rua abandonda, cercada pelo fundo de lojas e por armazéns vazios. Alguns velhos prédios foram convertidos em habitações populares (tenements), mas é uma zona que os cidadãos respeitáveis evitam, especialmente a noite. Alguns mendigos e hobos fizeram moradia nos becos e construções da área.

Merchant District

É uma área plana na margem do rio. As principais ruas de comércio de Arkham estão nessa região, formada por um bloco composto pelas duas ruas principais Main Street e Church Street e por suas transversais e becos. Em Church Street estão as lojas maiores e mais modernas. 

  • Galeria de Arte de Andreas ver Hoven
  • ACE Alarmes e Cofres
  • Parrington Armamentos
  • Anderson Móveis e Carpetes
  • Arthur Murray Escola de Dança
  • Loja de Animais
  • Manelli´s Loja de Música
  • Curiosidades e Antiguidades
  • Optometrista Bernard Evans
  • Malloy´s Relojoaria
  • Radio Center
  • Tabacoaria Fenner Avery
  • Goldsmith Jóias e Pedras Preciosas
  • Hattie´s Boutique
  • Caselius Jóias Finas
  • Haberdashery Alfaiataria
  • Gleason´s Loja de Departamento
  • Gilman´s Suprimentos de Escritório
  • Miss Jenny´s Loja de Beleza
  • Sapataria Universitária
  • Livraria Jaywil´s
  • Loja da Universidade
  • Confeitaria Marsh
  • Sears-Roebuck Loja de Catálogo
  • Woolworth´s 5 & 10
  • Esso Posto de Gasolina e Serviços Automotores
  • Banca de Jornais e Revistas (Esquina da Main e Garrison)
  • Café Bell
  • Markwill´s Suprimentos Teatrais
  • Cafeteria da Rua Church
  • Bryant´s Apotecário
  • Padaria Taranowski
  • Loja de Presentes de Arkham
  • Caleb Markham, Chaveiro
  • Harden´s Livros Usados
  • B. F. Jones Ferramentas e Suprimentos
  • Mercadinho Benson
  • Roupas de Segunda mão
  • Stewart´s Loja de Camping
  • F&M Loja de Trens e Brinquedos
  • Chelsea House Apartamentos

Hangman´s Hill

Nos limites da cidade, fica uma colina com fama de mal-assombrada: Hangman´s Hill, onde, no passado distante, os cidadãos de Arkham enforcaram o feiticeiro Goody Fowler.

O campus da Miskatonic University

A Universidade Miskatonic é uma relativamente pequena, mas respeitada, universidade da Nova Inglaterra. O campus é uma das jóias da cidade. Um local agradável e bem-cuidado. A zona aqui também é bastante plana.

Em torno da praça principal do campus, ficam vários prédios com as principais faculdades. Próximo fica também o Hospital Universitário.

ProfessorEspecialidade / Descrição
Dr. Henry ArmitageBibliotecário-Chefe e especialista em medievalismo e linguística. O velho professor Armitage é uma das figuras mais queridas do campus.
Dr. Warren RiceProfessor de Línguas Clássicas.
Dr. Francis MorganProfessor de Arqueologia, especializado no sudoeste americano, mas com experiência no Egito e Mesopotâmia.
Dr. Albert WilmarthProfessor de Literatura Inglesa e Folclore. Membro da Sociedade Histórica de Arkham. Um tanto quanto fechado e parecendo sempre nervoso ou assustado.
Dr. Nathaniel Wingate PeasleeProfessor de Psicologia. Era professor de Economia Política até 1908. Depois de uma crise nervosa, se recuperou e passou a ensinar psicologia.
Dr. Wingate PeasleeProfessor-Assistente de Psicologia. Filho do velho Peaslee.
Dr. Cyrus LlanferDiretor-Assistente da Biblioteca Orne. Não suporta que os alunos façam barulho ou bagunça na biblioteca.

Rivertown e French Hill

Bairros populares, com casas e lojas modestas de imigrantes. Franco-canadenses, eslavos e poloneses moram perto do rio, enquanto irlandeses habitam a região mais alta da colina, dominada pela torre da Igreja Bayfriar e marcada por ruas e ladeiras estreitas. 

Uptown

Um bairro mais novo, com casas construídas no início do século, que se estende ao sul do terreno do campus, em um aclive suave, com uma bela vista do campus e do rio.

As ruas largas e agradáveis e casas novas atraem professores e funcionários da universidade. Algumas casas são usadas por organizações ou por fraternidades. Alguns moradores mais antigos alugam quartos para estudantes universitários.

Além de Boundary Street, que antigamente demarcava o limite oeste da cidade, ficam algumas casas pobres e antigas fazendas que ficavam nos limites da zona rural. Hill Street é uma rua estreita e escura, em que muitas casas não tem acesso à eletricidade ou água encanada.

Lower Southside

É uma das regiões mais pobres de Arkham. Prédios populares (tenements) e casas antigas de madeira são a maioria. Lojas e restaurantes baratos ficam espremidos entre os prédios e casas velhas e atraem o público local.

Italianos são a maioria dos moradores do bairro, que fica mais baixo do que French Hill e South Hill. É uma zona quente e abafada, no verão, principalmente nos prédios lotados e insalubres, construídos em meados do século XIX e sem boa ventilação. No inverno, por sua vez, esses prédios são frios e úmidos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s