Shadows in the Deep: O Mistério de Trollskull Manor – Parte I

Enquanto Zarv Fellbranch está fazendo a troca dos pisos de madeira, ele descobre uma pequena caixa escondida embaixo do piso do primeiro andar de Trollskull Manor.

A caixa tem cinco moedas de cobre, uma de prata e um mapa misterioso. Ela parece indicar que uma das pistas está na própria mansão de Trollskull. No porão, os heróis descobrem atrás de uma das pedras da parede, um pacote de pano que envolve uma chave velha e algumas peças de prataria (colheres e facas) com um símbolo de um corvo. Obert se lembra de ouvir histórias sobre uma família nobre que caiu em desgraça meio século antes – os Corvinus. E se lembra de ter visto esse símbolo em um dos livros antigos como sendo o brasão da Casa Corvinus.

Após se arrumarem, eles resolvem explorar as outras pistas do mapa. A primeira provavelmente se refere à uma das gigantescas estátuas de Waterdeep, o Homem-Águia. A estátua fica no Castle Ward. Twinkle e Obert vão investigar. Em um dos becos próximos à Trollskull eles são atacados por um enxame de ratos. Obert é mordido, mas Twinkle consegue botar os ratos para dormir. Eles prosseguem e chegam à praça nos pés da estátua.

A enorme estátua serve como moradia para centenas de habitantes de Waterdeep. Após conseguirem entrar, eles investigam o primeiro andar e Twinkle nota que uma das portas tem uma fechadura antiga na qual a chave que eles encontraram em Trollskull manor poderia servir. Além disso, na porta, bem apagado, está o símbolo desenhado no topo do mapa. Após comerem um pouco no restaurante dentro da estátua, eles voltam para avisar aos outros.

Enquanto isso, Grekul e Tarzok recebem uma nova visita de Brox Fairkettle, o halfling representante da Irmandade dos Estalajadeiros. Ele veio cobrar o valor devido pela inscrição na Guilda, mas Grekull menciona que é amigo de Mirt e que eles resolvem problemas para Mirt. O halfling diz que Mirt é um dos seus melhores clientes e que se eles são amigos de Mirt, então também são amigos dele. Ele resolve não cobrar a taxa devida durante o período de abertura da estalagem e diz que irá voltar na próxima estação apenas.

Quando o grupo se reúne novamente, eles voltam todas à estátua. No caminho vêem dois nobres discutindo. Os nobres pedem para eles serem testemunhas do duelo deles. Ocorre que duelos são ilegais em Waterdeep. Grekul e os outros recusam, apesar de Tarzok querer ficar para ver a briga. Mas eles todos prosseguem seu caminho, deixando os irritados nobres para trás – agora concordando em como plebeus não tem noção de honra.

A chave realmente serve para entrar no apartamento. O apartamento está coberto de poeira e parece que ninguém entra nele faz muito… muito… tempo. Lá dentro eles investigam os vários cômodos. A arquitetura dentro da estátua é um pouco estranha, já que o apartamento tem um pequeno porão e uma escada que sobe para um segundo andar.

Tarzok usa a sua força bruta e consegue abrir um baú no primeiro andar O orc tem sorte pois a armadilha que estava na fechadura já deixou de funcionar depois de tanto tempo. Dentro da baú estão vários documentos, entre cadernos e papéis oficiais da cidade. Twinkle fica examinando os documentos, enquanto os outros olham o restante do apartamento. Os papéis são escrituras, assinadas por “Severus Corvinus, Escrivão de Waterdeep”. Aparentemente, Severus usava seu cargo de escrivão da cidade para falsificar documentos e manipular heranças, vendas e doações, em troca de propinas.

No porão, Obert encontra um velho colchão e grilhões que serviam para prender alguém. Lá encima, Grekul quase é atingido por uma seta de uma armadilha que ativa uma besta ao subir a escada. Na mesa, ele encontra várias cartas abertas. Nela estão escritas, com a letra de uma mulher e assinadas apenas com E.C.:

  • “Aqui está seu pagamento. Bom trabalho”.
  • “Adorável sua última entrega, amado sobrinho”.
  • “Preciso de mais um, sobrinho”.
  • “Não tente me enganar. É muito tarde para voltar atrás, meu querido sobrinho.”
  • “Se você tentar me trair, eu posso lhe entregar às autoridades”.

Em um dos quartos, ele descobre o que resta do corpo de uma mulher que parece ter sido morta muito tempo atrás. Seu peito está atravessado por uma adaga de prata. Investigando o corpo Twinkle descobre que ela tinha um colar com um camafeu que aberto mostra dois pequenos retratos, de uma bela mulher chamada e um homem austero com um bigode. O camafeu também tem uma marca “S & L”. Além disso, caída embaixo do corpo está uma esmeralda com um tom de verde bem brilhante e finamente trabalhada.

Voltando ao baú, Twinkle descobre um fundo falso. Dentro estão duas adagas de prata e uma escritura de TrollSkull Manor sendo doada para Ethel Corvinus, 75 anos antes.

Já se preparando para partir eles são surpreendidos por uma velha que pergunta quem eles são. Obert diz que é um sobrinho de Severus Corvinus e que está procurando as raízes de sua família. Grekul estranha que um nobre morasse nesse local, uma casa tão pequena em um prédio velho. A velha, uma vizinha de andar, não precisa de muito incentivo para contar tudo que sabe…

Ela diz que Severus e a esposa Lisette se mudaram para a estátua após o escândalo que manchou o nome da família. Ela não é muito objetiva ao falar do escândalo, mas menciona algo ligado à adorar os demônios e a família ter perdido o status de nobre, com o suicídio do patriarca, o velho Corvinus. Segundo ela, Severus morou lá por uns cinco anos, até morrer no Beco das Três Adagas. Ela diz que não imagina porque Severus iria se arriscar entrando no beco amaldiçoado como se fosse um desses garotos sem nada na cabeça que desafiam o beco.

O grupo percebe que o beco das três adagas é o local marcado no mapa com a próxima pista de seja lá o que eles estão atrás.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s