Shadows in the Deep: The Black Viper

Renaer Neverember passa na taverna e convida o grupo para visitá-lo no dia seguinte, em sua vila.

Uma nova aventureira aparece na taverna, Z´ress Pharn , uma drow que – obviamente – é aceita com certa desconfiança pelo grupo. Ela conhece Tarzok da época em que este esteve no Underdark e ajudou o meio-orc a sair de lá. Agora veio cobrar uma dívida, pois precisa de um lugar para ficar.


Os aventureiros:

  • Twinkle, gnomo mago
  • Grekul, dragonborn fighter
  • Obert, clérigo humano
  • Tarzok, meio-orc bárbaro
  • Z´ress Pharn , uma drow swashbuckler

Problemas na Taverna

Um grupo de asseclas da Guilda Xanathar chega na taverna para cobrar a proteção. Twinkle consegue charmear o Hobgoblin e Obert convence o humano líder do grupo a voltar outro dia, mas dois outros capangas reconhecem o grupo da luta na Yawinig Portal. Eles se lembram que os aventureiros estavam conversando com Davil Starsong, o elfo Zentharim. Eles acham que o grupo está associado aos Zentharim e resolvem dar uma lição nos aventureiros.

De madrugada, quatro dos bandidos da gangue de Xanathar retornam e invadem a taverna. São dois bugbear – um deles enorme -, o hobglobin e um dos humanos. A drow Z´ress Pharn escuta o vidro da janela ser quebrado e investiga com cuidado, abrindo o alçapão. Twinkle e Grekull também ouvem o barulho e descem para o térreo, sem suspeitar de um ataque de bandidos.

O enorme bugbear ataca Grekul, atingindo-o com um golpe de um javelin e começa uma luta na taverna. Obert acorda com o barulho da luta e desce, sem tempo de vestir sua armadura.

Twinkle lança uma magia de sono que derruba o bugbear menor e o humano, que já estava fugindo com medo da “guarda” fruto de outra ilusão do gnomo. Grekul finalmente corta a cabeça do bugbear e também decepa a cabeça do hobglobin quando este tenta fugir.

Oito soldados da guarda chegam logo depois, liderados pelo sargento Vandervolk. Ele reconhece o bugbear decepado como um dos tenentes da Guilda Xanathar e diz para o grupo passar na sede da Guarda no dia seguinte e coletar a recompensa. Os Guardas levam os dois prisioneiros desacordados.

O grupo pega os espólios dos atacantes e no dia seguinte coleta sua recompensa:

Recompensa pelo Bugbear100 moedas de ouro
Recompensa pelo Hobglobin25 moedas de ouro
Half Plate
Medalhão da Guilda Xanathar

Em busca da Black Viper

No dia seguinte, eles visitam Renaer Neverember que diz ter descoberto algumas informações sobre a Stone of Golorr que os Zentharim e Xanathar estavam atrás e tinha sido roubada da Vila de Neverember.

Segundo Renaer, a pedra foi roubada pela Black Viper, um ladra segundo o pouco que ele descobriu. Ele quer que os aventureiros usem suas habilidades e conexões para descobrir mais sobre ela.


Baki diz que Black Viper não faz parte da Guilda Xanathar e é uma operadora independente. Ele lembra de ouvir histórias sobre uma ladra e assasina com esse nome que aterrorizava Waterdeep uns 100 anos atrás, bem antes dele se juntar a Guilda.


Durante as noites, de forma furtiva, Z´ress Pharn investiga as ruas, tentando conhecer Waterdeep e identificando as atividades das gangues, ouvindo as conversas no submundo.

Alguns arruaceiros mencionam a Black Viper. Uns dizem que ela é uma ladra de mais de 100 anos. Outros dizem que a verdadeira Black Viper morreu. Um bandido bêbado diz que Xanathar está atrás da Black Viper, pois ela desrespeitou a Guilda. Um garoto de rua diz que Black Viper lhe deu uma moeda de prata uma noite, quando ele estava no Sea Ward.


Davil Starsong lembra que já vendeu umas poções para dormir para uma mulher – ele não a viu direito na penumbra, pois ela usava um capuz e uma máscara. Ele recorda que ela era bem graciosa e ágil.


Caliburn diz que os Guardas mais velhos se lembram da Black Viper, mas que, segundo eles dizem e consta nos arquivos, ela foi morta um século atrás. Apesar disso, ninguém se lembra de ter visto um corpo naquela época e sua identidade nunca foi descoberta. Os velhos oficiais acham que é uma imitadora.


Kelia Wintersbane, a elfa jornalista diz a Obert que já cobriu alguns roubos feitos pela Black Viper no Sea Ward e que ela ataca os nobres, sempre roubando sem deixar pistas. Entre o populacho do South Ward ela começa a ser vista como uma heroína, já que rouba dos nobres e ricos.

Ela providencia uma lista de nobres roubados pela Black Viper no último ano. Ela tem preferência de roubar durante festas particulares ou quando há concentrações de nobres, como no roubo do colar de Lady Lestra Urmbrusk, em seu camarote particular no teatro Lightsinger, que fez durante a estréia da peça “Memórias de um Vampiro” ou o roubo de uma valiosa estátua, na Vila da família Irlingstar, durante o aniversário do patriarca da família.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s