Shadows in the Deep: Ataque na Vila Gralhund

O grupo interroga a Black Viper e descobre que ela realmente roubou a Stone of Golorr e a entregou aos Gralhund, uma das famílias nobres de Waterdeep, depois que Grekul esmaga os dois pés da ladra.

Os aventureiros:

  • Twinkle, gnomo mago
  • Grekul, dragonborn fighter
  • Z´ress Pharn , uma drow swashbuckler

Entretanto, Esvele descobriu o motivo pelo qual os Gralhund queriam a pedra. Segundo ela, a Stone of Golorr funciona como um mapa para o local em que Dagult Neverember escondeu um tesouro de meio milhão de dragões de ouro desviado da cidade de Waterdeep enquanto ele comandava a cidade. Era o tal Tesouro de Neverember de que o grupo já havia ouvido falar nas ruas de Waterdeep.

Esvele Rosznar

A família Gralhund tem negócios de vendas de armas e associações com os Zentharim. Segundo a Black Viper, os Gralhund haviam descoberto sua identidade quando ela os roubou e o preço para não ser entregue foi justamente roubar a pedra de Golorr da Mansão de Neverember.

Ao roubar a pedra, Esvele também descobriu que estavam vazios três pequenos encaixes na pedra, onde aparentemente deveriam ser encaixadas três gemas. Um dos livros que ela roubou na mansão Cassalanter tem uma imagem da pedra e Twinkle repara que ela parece com a cabeça de um Aboleth. As gemas faltantes seriam os olhos, o que explica a sensação de Esvele de que não podia ver a localização do tesouro ao pegar a pedra.

Ela acha que as gemas – ou pelo menos uma delas – estão com os Cassalanter, que eram os banqueiros de Neverember. Entretanto, ela não conseguiu encontrar nenhuma delas quando invadiu a mansão durante a festa. Ela suspeita que estejam na ala particular da mansão, no segundo andar. Grekul supõe que elas podem estar no cofre do banco dos Cassalanter.

Esvele propõe uma acordo, em que ela e o grupo consigam as peças que faltam e dividam o tesouro de Neverember. O primeiro passo seria roubar a Stone of Golorr dos Gralhund.

Invadindo a Mansão Gralhund

Observando do alto das casas vizinhas, eles percebem que os jardins da vila dos Gralhund são protegidos por três cachorros estranhos, que mais parecem sombras do que animais de verdade. Twinkle usa uma ilusão de som para afastar os animais e ele e a drow Z´ress Phamm invadem a casa dos Gralhund, usando uma corda.

Eles investigam os aposentos no segundo andar. No quarto principal da mansão Yallah Gralhund está dormindo profundamente. Jess abre o báu de roupas e descobre em um fundo falso dois mantos vermelhos e dourados e dois símbolos de Asmodeus.

Enquanto isso, observando os arredores de sua posição no telhado da casa vizinha, Grekul vê vários capangas da Guilda Xanathar vigiando a casa. Um grupo se concentra na rua da frente e outro se esconde nas sombras na rua de trás da propriedade.

No térreo, Twinke e Z´ress Pharn invadem a cozinha, surpreendendo uma serviçal e um meio-orc que transavam no balcão. A drow mata o meio-orc antes que ele consiga pegar sua arma e Twinkle faz com que a mulher que estava com ele durma. Eles investigam parte dos aposentos sem nada encontrar.

Ao entrar na bilbioteca, uma livro com capa de couro negra e um cadeado chama a atenção dos dois invasores. Quando Z´ress Pharn destranca o cadeado e abre o livro, três espectros surgem e a atacam. Eles tentam fugir e ainda ouvem a voz de um homem que estava em um gabinete do lado perguntar o que estava acontecendo.

Os espectros perseguem a drow, que consegue se juntar com Grekul e os dois fogem pelos telhados. Enquanto isso, Twinkle se esconde e se teleporta para o lado de fora da mansão. Eles conseguem se evadir sem serem vistos e voltam até a Trollskull Manor. De lá resolvem voltar para ver o que vai acontecer, já que Grekul acha que os Xanathar vão invadir a propriedade.


Na propriedade, os guardas descobrem o assassinato do chefe meio-orc Hrabazz e o roubo do livro de genealogia da Família. Eles correm para os portões para tentar ir atrás dos ladrões. Tendo escutado o barulho e a confusão do lado de dentro da propriedade, cada um dos dois grupos de capangas de Xanathar acham que o outro invadiu a casa sem esperar pelas ordens do chefe. Eles resolvem também entrar e não perder o espólio do roubo. A confusão se instaura nos jardins da casa.

Nesse momento, os três aventureiros retornam e aproveitando a luta que se concentra nos jardins, invadem a casa pela janela do segundo andar. No salão de festas eles percebem as pinturas de orgias mostrando tieflings disfarçados no teto. Achando que o livro está justamente no aposento do primeiro andar que não conseguiram entrar na primeira visita à casa, eles descem pela escada.

No hall de entrada os guardas da casa lutam contra um meio-ogre e outros bandidos de Xanathar. Twinkle lança invisibilidade sobre ele e Grekul, enquanto a drow usa sua habilidade para não ser vista e conseguem passar para a biblioteca. Z´ress Pharn abre a porta do escritório de Lorde Gralhund e o ameaça, forçando-o a entregar a Stone of Golorr. Este vê a drow e a confunde com um dos “serviçais de Jarlaxle”. Ela sorri e foge, passando a pedra para Grekul.


Ainda aproveitando a luta, eles conseguem escapar. No caminho de volta Z´ress Pharn é encontrada por um elfo que a confunde com o assassino drow do porto e a acusa de ter matado sua irmã. Ele tenta matar a drow, mas ela escapa em um beco escuro. Ele diz que terá sua vingança: “Meu nome é Innyn Monoginya. Você matou minha irmã! Prepare-se para morrer”

De volta a Trollskul eles examinam a pedra e Twinkle tem uma visão e consegue descobrir pistas sobre onde podem estar dois dos “olhos” dela. Ele acha que já viu uma das pedras em um medalhão que Ranaer, o filho de Dagult, carregava. Eles procuram Ranaer Neverember e o encontram na Yawning Portal, conversando com Volo. No meio da conversa, Twinkle pede para olhar o colar e o derruba, conseguindo soltar a pedra do medalhão. Ele se oferece para consertar e Ranaer aceita. A drow procura um contato que faça uma cópia da pedra.

A segunda pedra eles imaginam que está na tumba da mulher de Dagult, Alathea Brandarth.


No dia seguinte, os jornais da cidade só falam do ataque de bandidos à vila Gralhund. Lorde Gralhund, sua esposa e filhos escaparam ilesos. O ataque resultou na morte de vários guardas da família, incluindo o chefe de segurança da casa, e de meia-dúzia de ladrões pertencentes à Guilda Xanathar, segundo as notícias. Nenhuma menção é feita ao “drow”, ao livro roubado ou a Stone of Golorr.

O livro roubado é uma genealogia e história da família Gralhund e mostra que a casa de nobres fez negócios infernais com Asmodeus e tem traços de sangue tiefling em sua família. Alguns dos membros inclusive são mandados para outra cidade quando desenvolvem caudas ou chifres.

Eles resolvem que Obert deve entregar o livro de genealogia dos Gralhund para a jornalista elfa Kelia Wintersbane , repórter do Waterdeep Daily. Com isso, o escândalo deve atrapalhar ainda mais os Gralhund.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s